AS CINCO MAIORES MENTIRAS CONTADAS PELA DIREITA

MAO_TSE_TUNG

Por Afonso Texeira FIlho

Vamos a elas e identifiquemos os autores.

1. De acordo com os “filósofos” do nazismo, o judeu e o negro eram raças inferiores. Em primeiro lugar, não existem mais raças. Depois de 10 mil anos de civilização e de migrações, as raças puras desapareceram. Se houvesse raça pura, seria doente e deficiente mental, devido à preservação de genes recessivos. Em todos os países do mundo, existem gênios e direitistas, digo, idiotas.

2. O maior assassino da história foi Mao Tsé-Tung. Mentira. O maior assassino da história foi a Igreja Católica Apostólica Romana, a qual, durante séculos a fio, queimou pessoas na fogueira, dizimou povos (inclusive culturas denominadas pagãs, como os Incas e os Astecas), cidades e civilizações. Por outro lado, se deixarmos de lado a igreja, mesmo assim Mao Tsé-Tung jamais teria conseguido matar mais gente que Hitler. Qualquer idiota sabe que uma guerra mata muito mais gente do que a forma mais cruel de repressão. A livro que a direita usa como autoridade para afirmar que o comunismo cometeu mais crimes do que qualquer outro regime é “O Livro Negro do Comunismo”, um livro espúrio, que nada tem de científico.

3. O Plano Real é o responsável pelo crescimento do Brasil. Embora o crescimento do Brasil seja pífio, uma série de fatores contribuiu para isso. O primeiro foi a estagnação das grandes potências capitalistas, sobretudo os Estados Unidos. Outro fator foi a diminuição da produção industrial no primeiro mundo e a ascensão industrial da China e, também, embora bem menos, do Brasil. As medidas de Lula também contribuíram, pois os programas de combate à miséria colocaram dinheiro no mercado; aumentaram o número de consumidores; obrigaram as empresas a aumentarem salários e, consequentemente, tornarem-se mais competitivas. O Plano Real, na verdade, foi uma farsa montada para que Lula não vencesse as eleições de 1994. Não foi o Plano Real que controlou a inflação. Qualquer governo retardado consegue controlar a inflação; basta não promovê-la. É assim mesmo. Basta não promovê-la (leia-se, a respeito, “Salário, preço e lucro”, de Marx).

4. O PT foi o partido mais corrupto da história do Brasil. Consideremos, por um momento, que sejam verdadeiras todas as acusações feitas pela revista Veja ao PT. Mesmo assim, o PT precisaria ser umas quinze vezes mais corrupto para superar o PMDB. Isso sem falar dos partidos de direita como a UDN, o PTB e os partidos do Império. O partido mais corrupto que o Brasil já teve foi o Partido Republicano da época da chamada República Velha (1898-1930); em segundo lugar, a ARENA, da época da ditadura militar. O Mensalão, que resultou na prisão de membros da diretoria do PT, era uma prática comum no Congresso, e que funcionou perfeitamente na época de FHC, também.

5. Apenas o capitalismo é capaz de gerar riquezas. Até o Arthur Gianotti entrou nessa. A humanidade sempre produziu riqueza, desde a Idade do Bronze. Os próprios países chamados de comunistas produziam riqueza. Ou a Rússia consegui mandar sondas e astronautas para o espaço pedindo esmola? E a bomba H? Foi construída com que dinheiro? e o exército soviético, era mantido como, por doações de capitalistas?

Na verdade o capitalismo é, mesmo, capaz de produzir riqueza. Isso nem Marx negava. Como os direitistas não gostam de ler O Capital, não aprendem nada. O Capital é um livro de crítica ao capitalismo. E a principal crítica que faz é que o capitalismo é sistema decadente e que desperdiça mais recursos do que produz. O sistema de produção do capitalismo está ultrapassado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s