Patrãozinho querido

catrata liberada

A direção do Sindicato dos Metroviários de São Paulo, formada pelo PSTU/Conlutas e Psol/Intersindical, mostra sua aliança completa com a direita coxinha mais uma vez.

Desde os primeiros coxinhatos, o governo do estado de São Paulo de Geraldo Alckmin (PSDB) vem sendo denunciado por liberar a catraca do metrô e favorecer a direita golpista que sai na rua.

Os grandes “combativos” do PSTU na diretoria do sindicato não abre a boca. Nada é dito contra os tucanos, ou melhor, nada é dito contra o patrão tucano.

A novidade para o coxinhato desse dia 13 de março foi a convocação para horas extras dos funcionários do metrô, a informação é do site da Rede Brasil Atual. Tudo pelo coxinhato.

A direção do sindicato, do PSTU/Conlutas, sequer publicou um panfleto para denunciar o governo tucano.

O comportamento do PSTU/Conlutas no sindicato dos metroviários com o patrão golpista Geraldo Alckmin é bem diferente com relação ao governo de Dilma Rousseff. O PSTU não quer o fora Alckmin, mas quer o fora Dilma.

Dilma não é a patroa dos metroviários, mas assim como os coxinhas fazem ao dizerem “é tudo culpa da Dilma!”, o PSTU também acha que tudo é culpa da presidenta da República.

Assim, “passam um pano” para o patrão Alckmin e se juntam mais uma vez às hordas fascistas que querem derrubar o governo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s