Primárias nos EUA: Sanders e Trump à frente nas pesquisas para votação em Nova Hampshire

Eleições presidenciais nos EUA podem sair do controle e se tornarem extremamente polarizadas

trumpsanders.png

Uma pesquisa eleitoral publicada pela 7News nesta quinta-feira, 4 de fevereiro, mostra Donald Trump, pelo Partido Republicano, e Bernie Sanders, pelo Partido Democrata, como favoritos para vencerem a votação das primárias em Nova Hampshire, a serem realizadas na próxima terça-feira (9).

Sanders contrariou as pesquisas e todos os prognósticos ao praticamente empatar com Hillary Clinton em Iowa, onde as primárias começaram nessa semana. Senador por Vermont, estado vizinho a Nova Hampshire, Sanders tem 58% das intenções de voto, contra apenas 36% de Hillary, uma diferença de 22 pontos. Caso a vantagem se confirme, Sanders consolida sua candidatura para disputar contra Hillary Clinton a indicação para concorrer à presidência pelos democratas. Nos EUA, os partidos escolhem seus candidatos em uma convenção nacional, que reúne os delegados eleitos em cada estado durante as primárias.

Do lado republicano, Donald Trump aparece em primeiro, com 36%, depois de perder para Ted Cruz em Iowa. Ted Cruz, com 14% fica em terceiro lugar, atrás de Marco Rubio, que tem 15% é impulsionado pela imprensa, depois do fracasso da candidatura de Jeb Bush, que ficou apenas em sexto em Iowa e tem 8% das intenções de voto. Nesta quarta-feira (3), Donald Trump acusou Ted Cruz de fraude eleitoral em Iowa. Cruz tem apoio do Tea Party, ala de extrema-direita do Partido Republicano, e representa um deslocamento à direita mais significativo do que o avulso Donald Trump.

Tanto Jeb Bush quanto Hillary Clinton são os candidatos de Wall Street, têm as campanhas mais caras e maior apoio do mercado financeiro. Em seus respectivos partidos estão mais ao centro, e seriam candidaturas muito parecidas uma com a outra. Tradicionalmente é o que acontece com as eleições norte-americanas. Com diversos mecanismos de controle para manter um sistema bipartidário, no final das contas os dois partidos apresentam candidatos muito parecidos.

Esse esquema entrou em crise com o fracasso de Jeb Bush e com a ameaça real à candidatura de Hillary Clinton. O Partido Republicano está se deslocando mais à direita, enquanto o Partido Democrata pode se deslocar à esquerda. Sanders desafia o aparato eleitoral de Hillary com propostas como saúde de graça para todos, ensino superior gratuito, que haja um salário mínimo e que haja igualdade salarial para as mulheres, fortalecimento dos sindicatos, entre outras propostas. Além disso, Sanders denuncia o regime político atual por sua submissão aos interesses dos “bilionários”. As eleições podem sair do controle e se tornarem extremamente polarizadas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s