O ataque contra lula é essencial para o golpe

Lula1Por falta de coisa melhor, a imprensa está gastando boa parte de sua programação falando das visitas que o ex-presidente Lula teria feito a um sítio no município de Atibaia, interior de São Paulo. Isto quando não está falando de um tal “tríplex”. A falta de possibilidades de acusar Dilma e a necessidade de desmoralizar Lula faz a imprensa golpista beirar o ridículo.

Mas é preciso entender que não são palavras ao vento. Ou simples falta de assunto. As notícias por mais ridículas que possam parecer fazem parte da campanha golpista apresentada pelo monopólio da imprensa para o golpe.

O alvo não foi escolhido por acaso. Atacar Lula é essencial para o golpe. Não basta derrubar Dilma, é preciso que Lula esteja fora do jogo, para o caso de serem chamadas novas eleições. Lula não pode ser candidato, nem agora nem em 2018. Por que se for, as chances de ser eleito são inegáveis.

Se o golpe for dado através do impeachment novas eleições são praticamente inevitáveis. Caso a direita não consiga efetivar o golpe, sobram as eleições de 2018. Se Lula puder ser candidato, agora ou depois, o golpe seria em vão. E todo o esforço da direita, da burguesia, do imperialismo não terá adiantado nada.

É por isso que a burguesia montou essa campanha junto ao monopólio da imprensa e é por isso que Lula tem se tornado assim como sua família – esposa, filho alvos preferenciais.

A especulação é tão absurda que qualquer movimento vira possibilidade de propaganda para os golpistas. Enquanto Eduardo Cunha e esposa com provas contundentes contra eles não emplacam no noticiário, a visita de Lula a um sítio vira notícia de um mês inteiro nos jornais.

O imperialismo atua em vários flancos. Como a campanha contra o PT, a perseguição ao partido não tem tido novidades, é complicada pois tem encontrado muita resistência, afinal o partido é apoiado por milhões de pessoas e tem ganhado mais filiados do que perdido militantes, é necessário investir em outras frentes. E Lula, devido sua importância se torna o alvo preferencial.

Como resposta a esta perseguição setores do movimento sindical e popular estão chamando manifestação para o dia 17 de março. A resposta dessa manifestação é parte da mobilização da Frente Brasil Popular contra o golpe e a direita.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s