A Campanha a favor de Alckmin: tudo melhora no governo às vésperas das eleições

Imprensa golpista ajuda Alckmin a maquiar os índices do IDESP

CZzeF-cWQAAmfB6

Está gostoso, Geraldo?

fg171105

O trio merenda: Capez, Alckmin e Nogueira.

Nessa quarta-feira, dia 5 de fevereiro, saiu o resultado do Índice de Desenvolvimento da Educação do Estado de São Paulo (IDESP), que leva em consideração os índices do Saresp mais o fluxo (aprovação e reprovação) das escolas. Ou seja, uma manipulação dos números para maquiar o caos da educação paulista.

Os resultados mostram uma tendência já observada em outros anos. Uma melhora insignificante  nos anos iniciais do fundamental e uma estagnação gigantesca nas etapas seguintes. No 5.º ano do fundamental, a média do Estado foi de 212,7 em Português e 223,6 em Matemática, um aumento de 4,4% e 3,2%, respectivamente, um aumento pífio frente a uma educação sucateada e, provavelmente, também um falso aumento.

O patamar considerado adequado para as disciplinas é de 200 e 225. Já os alunos do 9º ano aumentou 2,8%, em Português, e 4,9%, mas estão “abaixo do básico”, ou seja, não dominam plenamente os conteúdos. O mesmo ocorreu no 3º ano do ensino médio, no qual, por exemplo, os adolescentes não conseguem interpretar gráficos e imagens.

Mas o governador e a venal imprensa capitalista vê isso como um avanço para a educação e promete que até 2030 o Brasil chegará nos patamares dos países desenvolvidos. Mas como avançar se não há investimento real na educação?

A defasagem do piso salarial dos profissionais da educação é de 75%, só no ano de 2015 foram fechadas mais de 3.000 salas de aula e nestes ano os números iniciais já contabilizam mais de mil salas. O ano de 2015 terminou com o governo Geraldo Alckmin sendo derrotado na sua tentativa de fechar até mil escolas do ensino básico por conta de uma grande mobilização de professores, estudantes, pais e funcionários, com a “reorganização” ocorreria a demissão de mais de 50 mil professores.

No começo de 2016 foi noticiada a máfia da merenda escolar, ma qual o PSDB desviou milhões. Quem encabeça o esquema são o deputado estadual Fernando Capez (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, e o deputado federal Duarte Nogueira (PSDB), ex-secretário da Agricultura e atual chefe da Secretaria de Logística e Transportes, figuras de proa do governo Alckmin.

Ano de eleições municipais onde tudo é inflacionado pela imprensa golpista que blinda os governos do PSDB com suas estatísticas. Onde os retrocessos viram avanços por meio das manipulações dos números.

Uma resposta para “A Campanha a favor de Alckmin: tudo melhora no governo às vésperas das eleições

  1. Sim tudo melhora pra todos nao é?
    Mentiras de todo lado mas a maior de todas foi a que elegeu a Dilma. Ruim com o picolé de xuxu, muito pior com a grande mentirosa e incompetente. O tal governador não é culpado pela M que enfiaram o país, e nem tem poder pra isso. Por favor parem de enganar os menos avisados
    Vamos ser imparciais e vejam bem quem deu o golpe, sim foi um golpe que escondeu o inferno que meteram o país e a sujeira debaixo do pano.
    Como um jornal as classes operárias e pobres vamos deixar de hipocrisia e mostrar a onde essa quadrilha enfiou o país, a quebra das estatais o roubo descontrolado, a manipulação e aparelhamento. Mostrem por favor que os bons empregos foram fechados, que a importação tomou conta e que perdemos o bonde da história. Previnam os operários do que vem pela frente, esqueçam o Alckmim, é falar do roto e esconder o rasgado.
    O tal governador não é culpado pela desgraça que enfiaram o país. Parem de criar nuvens de fumaça pra desviar atenção do verdadeiro problema.
    Se o tal governador e seus assessores merecerem cadeia, cadeia neles mas vamos também atrás dos responsáveis maior. Um pode ter afetado um estado (se afetou), os outros destruiram um país.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s