Contra a corrupção: lava-jato persegue apenas empresas nacionais

A “punição seletiva” mostra a quem serve os juízes da lava a jato

alx_policia-federal-curitiba-lava-jato-20150624-09_original

A Operação Lava-Jato já prendeu alguns presidentes, diretores de empresas que mantinham contratos com a Petrobras, políticos do PT também foram presos, todos citados em delações premiadas.

No decorrer destes processos diversos contratos foram bloqueados e cancelados e em sua maioria eram contratos da petrolífera com empresas brasileiras.

Denunciada por punir apenas companhias brasileiras, as operações da República do Paraná intervieram no funcionamento e contratações de empreiteiras nacionais chegando a congelar suas operações.

No entanto, variadas companhias internacionais, como firmas com sedes na Itália, Holanda, Estados Unidos, Alemanha e outros países também foram citadas em delações premiadas, envolvidas em esquemas de corrupção com a Petrobras. Essas empresas, no entanto, receberam tratamentos diferenciados, não foram punidas.

Fica claro que o objetivo da Lava-Jato, além da derrubada do governo petista, é a privatização da estatal de petróleo e o fortalecimento de empresas imperialistas, m detrimento das nacionais.

Qualquer notícia envolvendo firmas nacionais vira tema de intensa campanha de desmoralização e ataques. Quando se trata de grandes empresas imperialistas, a imprensa golpista silencia.

Os casos da Alston e da Siemens, envolvidas no escândalo do trensalão do governo tucano em São Paulo são exemplos de que mesmo com as denúncias nada acontece com empresas imperialistas.

Estas denúncias evidenciam que a luta contra a corrupção nada tem a ver com uma luta pela “moralidade” em busca de empresas “honestas”. A Lava-Jato serve como um escritório dos interesses dos grandes monopólios imperialistas no Brasil.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s