O imperialismo diante da crise nas primárias

As eleições primárias norte-americanas começadas dia primeiro tem causado crise dentro dos dois partidos norte-americanos

150429103538-bernie-sanders-gallery-photo-5-super-169

A eleição no estado do Iowa, que aconteceu na última segunda-feira, teve resultados inesperados e que estimulam a crise política no país. Na votação do Partido Democrático Hillary Clinton, candidata do mercado financeiro, saiu praticamente empatada com o senador Bernie Sanders, um candidato da esquerda do partido ligado aos sindicatos. Na votação republicana o candidato do mercado financeiro, Jeb Bush, mesmo tem recebido mais de 150 milhões de dólares recebeu menos de 3% dos votos, a votação foi liderada por Ted Cruz, senador pelo Texas e ligado ao Tea Party, organização de caráter fascista dentro do partido republicano.

O resultado eleitoral republicano mostra uma incapacidade da burguesia norte-americana de garantir o seu candidato e de impedir que a extrema-direita tome conta do cenário eleitoral. Com a falência da campanha de Bush a direção do partido e o principal setor da burguesia americana se organiza para promover Marco Rubio, 3º lugar no processo eleitoral de Iwoa, como alternativa a extrema-direita e a Donald Trump.

No processo eleitoral democrata Hillary Clinton ganha de Bernie Sanders por apenas 0,2%, Sanders disse em um discurso que o resultado era “praticamente um empate”. Politicamente é uma grande derrota de Clinton, no começo da campanha tinha uma margem de 30% sobre Sanders. Agora pesquisas mostram que ela o vence por uma margem de 2%, ou seja, um empate técnico. Ainda mais Clinton se prepara para uma derrota na eleição de hoje em New Hampshire onde pesquisas apontam uma margem de 10 pontos para Sanders, algumas fontes como o portal de noticias Common Dreams coloca a margem 16 pontos percentuais.

A possível derrota de Clinton soou um alarme na burguesia e na imprensa burguesa norte-americana. O ex-presidente Bill Clinton, então ausente na campanha da esposa, fez uma discurso onde ele critica os projetos do Sanders como o projeto de saúde universal, universidades públicas sem mensalidade. A notícia dos ataques Bill Clinton a Sanders foram amplamente divulgados pela imprensa burguesa americana que já se movimenta para aumentar a campanha pró Clinton.

A burguesia americana faz um jogo duplo, em um partido tenta impedir a vitória da esquerda e no outro luta desesperadamente contra a ascensão da extrema direita, o decorrer das eleições contribui para acelerar a crise do regime político dos EUA.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s